E isto é o Amor

by CAXADE

supported by
/
  • Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

    Desenho CD

     €7 EUR  or more

     

1.
03:20
2.
03:16
3.
04:06
4.
03:32
5.
6.
7.
03:02
8.
03:52
9.
10.
03:22

about

Segundo disco de Alonso Caxade gravado em estúdio. Folp-Pok de Banda de Música

credits

released May 14, 2016

Gravado e mesturado por Tomás Ageitos no Estúdio “A Ponte” ( Compostela, Galiza) em dezembro de 2015 e março de 2016

Mastering: Dr. Chou

Desenho: Diego Nunhez e Marcelino V. Cageao
Foto: Javier Antelo Seoane

Alonso CAXADE: acordeom MIDI e sintetizador
Manuel ESPINHO: trombone
Manuel PAINO: trompeta
Xosé Tunhas: bateria


Produçom, composiçom e arranjos de Alonso Caxade, agás letra de “E isto é o amor” (Séchu Sende) e “O tojo prende” (María da Pontragha e Alonso Caxade)

Licença CopyLeft Creative Commons 3.0 (Alguns direitos reservados)

Discos da Máquina MAQ017

www.alonsocaxade.com
www.caxade.gal
caxade@gmail.com
T. 0034-646806100

tags

license

about

CAXADE Ames, Spain

contact / help

Contact CAXADE

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: O Homem Bala
Botou-se por riba
nom lhe importava que caminhasse/navegasse só
Que ânsia que tinha,
vai enfadado e nom tem medo nenhum

Tu és um homem bala

Voando/nadando bem alto
esmaga as nuvens (ondas) que batem com el
Pasta de dentes que,
junta cò último cacho de bolacha

Tu és um homem bala, tu és um homem.
Track Name: Mica Ronrom
Se os romanos chegaram aquí em sandálias
di-me ti, do que nom seras capaz
Bobbi Gibb botou-se a correr em Boston
nom lhe pediu licença a ninguem


Buscava mica e topei-me cum felino
a ânsia de criar fixo-me reflexionar
Som tam feitinhos, carinhosos e ronronantes
Que pena que ao ron ron nom lhe bote limom

Mica, mica, ronrom
Track Name: Nábia
Estavas aí, deixaches-te ver,
és a auga que precisava beber, Nábia

Vem que estou à tua espera, no que precises serei estrela
A esperança no destino, o futuro o teu caminho, o futuro no caminho
Track Name: Colesterol
Estou a ver como lá ao longe
venhem com chaleque reflector
Ilumina o caminho a Santa Companha
está cheia de colesterol

É no banco onde fam a analítica
preciso urgente umha transfusom
O teu bem, dixo o capitalista
estás perdido de colesterol

Perdido de colesterol
Perdido no colesterol
Track Name: E isto é o Amor
Da tua mão direita
á minha mao esquerda
tendemos um tendal de roupa
de todas as cores entre nós
e isto é o amor

Erguemos os braços
e com a roupa ao vento
vamos caminhar
secar a roupa ao sol

e isto é o amor

Entre fábricas baleiras
dentes de león
e prados com bubelas
asubiamos esta cançom
e isto é o amor

E no tendal levamos calcetíns,
camisolas e cuecas violetas
e o teu sostém
e a minha camisa negra
e isto é o amor

E a gente olha para nós
e pensa que é um sonho
e pensa: Isto é amor
e isto é o amor

Letra: Séchu Sende
Track Name: Independence Day
Volves do sul e a tua placa tem um E
Queixas-te de como che falam mas tu levas um E
No dia-a-dia muita gente responde usando um E
Tira o teu E e depois volve ao sul a dar liçons
de como o mundo é

Independece day, free to decided
Independence day, now it’s the time

Nom te identificas galleguiña cos que levam o E
Decide por ti mesma, se livre, nom fai mal e ninguem
Conquista o teu passado colhe força no que estás a ver
Tira o teu E e verás que bonito o mundo é
sem dever nada a ninguem

Independece day, free to decided
Independence day, now it’s the time
Track Name: Sanduicheira
Levaches-lhe umha sanduicheira/lavadora, quando todo era amor,
na verdade nunca cho tivo, confiava que fosse a melhor
Deixa de meter-lhe a lingua nela, que a paciência tem um fim
colher impulso esmagar-te e aprender a sair
Track Name: Aparafusador
Cambiou-me o carácter
desde que pugem as vacinas
apertas-me, andas de arredor,
és um aparafusador
Track Name: O Tojo Prende
Arriba pandeiro roto, abaixo manta molhada
se nom nos queixamos nós, os de arriba nom fam nada

Costureirinha bonita, dá-me umha agulha de ferro
para dar-lhe umhas pontadas, ao capital que nom quero
O rio quando vai cheio, leva carvalhos e folhas
também podia levar a essa Gente Pota toda

Nom podo cantar que morro, nom podo cantar que morro
aí venhem os Capadores, apropriarom-se de todo

Eu passei por Monte Pio, tivem que passar correndo
que polas janelas tiram caldeiros de auga fervendo

Arriba pola portela, minha prenda resalada
demos graças meus senhores, os direitos nom som nada

Esta vai por despedida, esta vai por derradeira
como nom fagamos nada, levam-nos a vida inteira
Track Name: Botín
Tenho un monstro à minha espera no fondo do corredor
um fantasma do futuro alá por onde eu vou

Dí que o meu é seu que todo é del nom tenho próprio
Busca o seu botín el é Botín vem junto a mim

Eu quero que se vaia já!

Banqueiro, vaqueiro!